Mulheres realmente interessantes

As mulheres realmente interessantes são muito raras. Devem ser tratadas como um recurso escasso. A sua existência, por si só, é um milagre. Devem ser amadas, mimadas, apaparicadas, admiradas, acarinhadas, tudo menos deixá-las fugir. Uma vez que as deixemos fugir (e podem sempre fugir, mesmo que façamos tudo isto), são terrivelmente difíceis de substituir.

Se eu fosse mulher, provavelmente diria o mesmo dos homens realmente interessantes.

Amigo ou amiga, se amas, namoras ou és simplesmente amigo/a de uma pessoa realmente interessante, agarra-te a ela. Sabes a sorte que tens.

Se não sabes a sorte que tens, esquece esta mensagem. Não era para ti.

 

[Não há mais nada para ver]

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Porque sobrevive Freud

A palavra proibida

Anomalias